Sexta-feira, 1 de Setembro de 2006

Toda eu luz...

Toda eu luz, transformada num pequeno ponto branco…a morte assentava-me bem, sentia-me bonita, leve, sem idade…
A minha morte parecia um sonho, algo diferente do que costumava ser a minha realidade, às vezes achava estranho porque não acordava, mas com aquela paz e serenidade quem queria viver?! O que mais me agoniava era não poder comunicar com a vida, ver as pessoas diante de minha alma e não poder tocar, nem falar, ahh mas eu podia sorrir…

Sim sorrir,

Por onde eu passasse com meu sorriso ninguém chorava,

eu sabia que a minha presença sentiam,

pois sorriam…

Comigo levava o melhor sentimento em forma de luz, em cada lágrima que brotava
Um sorriso escapava
Em cada dor que eu presenciava
Um sorriso aliviava…
Seria eu um anjo bom?! – Estava eu a pensar nisto (sim eu também pensava), quando me lembrei de algo de minha vida:

Havia uma pessoa muito querida, que esperava, deitada numa cama, por esta mesma paz que morro agora (não podia ser “vivo”, estou morta, lembram-se?) eu sabia que ela estava na contagem decrescente, como isso me fez sofrer tanto meu Deus, sua partida assim…eu não a ia ver mais, mas eu sabia que ela  ver-me-ia …

Eu sabia que me vias…
Em seu leito meu avô disse-me:

-         Eu sei que vou morrer – Meu Deus como aquilo sangrou meu coração, porque eu também sabia isso…

Eu sabia…
- Não te preocupes vô, depois disso serás meu anjo da guarda que eu sei, e estarás em paz, não tenhas medo vô…! – Disse-lhe eu isto ao ouvido, meu rosto colado ao dele, com uma lágrima presa em meus olhos, ao qual ele respondeu-me:

-         Será miga?? Quem me dera meu Deus!!!

Eu sabia que eras!!

 

E onde andas agora que eu não te vejo, avô meu??

De que côr será tua luz? Aposto que branca tambémJ

 

Ali sentada,

Lembrava-me de pequenas grandes coisas de minha curta vida, de momentos lindos, de feitos únicos, de pessoas boas…

Poucas, muito poucas…

Mas algumas trouxe no coração de minha alma, as suficientes para nunca me ter sentido só, naquela selva que era a vida…

Nesta paz que é a morte…

Serei sim, anjo da Guarda de todas elas, terei sempre o mesmo ombro amigo para dar, transformado numa brisa suave e doce nos seus ouvidos, de forma a tocar seus corações…

Lembrava-me das que perdoei

E amei…

Das que me amaram e odiaram,
Das que não conhecia

E ajudei…
Das palavras que escrevia em textos profundos…e chorava…

Das surpresas que fazia, das frases que dizia…
E das frases que não disse, e diria..
Se a morte não viesse e me levasse …eu viveria…e falaria:

-         A vida é a passagem para a morte, a morte é a recompensa da vida…o teu ansiado sono profundo, a tua paz, por isso não chores porque morri,

Sorri, porque vivi!!!

Segredos de Khadija!!

 

sinto-me: lindamente...
música: A da alma...

Gil P. às 11:20
| Comenta-me... | Guarda este Segredo
6 comentários:
De pequenita a 1 de Setembro de 2006 às 22:50
Eu quero amar, amar perdidamente! Amar só por amar: Aqui...além... Mais Este e Aquele, o Outro e toda a gente... Amar! Amar! E não amar ninguém! Recordar? Esquecer? Indiferente!... Prender ou desprender? É mal? É bem? Quem disser que se pode amar alguém Durante a vida inteira é porque mente! Há uma Primavera em cada vida: É preciso cantá-la assim florida, Pois, se Deus nos deu voz, foi pra cantar! E se um dia hei-de ser pó, cinza e nada Que seja a minha noite uma alvorada, Que me saiba perder... pra me encontrar... Bom fim de semana oh boaaaaaaaaaaaa beijocas


De Lover a 2 de Setembro de 2006 às 12:00
Fiquei trémulo ao ler tal emoção que transmites nestas tuas palavras... Khadija! Estás no auge da tua sensibilidade e nota-se isso na tua escrita profunda!!! Parabéns pelas ideias consistentes e pela ficção que emprestas à tua própria realidade! Depois, acredita, em vida és anjo bom de muita gente... A tua presença é sempre motivo de segurança, de amizade... Parabéns! Beijo e até já...


De an@kel a 3 de Setembro de 2006 às 16:18
Assim como falham as palavras
quando querem exprimir qualquer pensamento,
Assim falham os pensamentos
quando querem exprimir qualquer realidade.
Mas, como a realidade pensada não é a dita mas a pensada,
Assim a mesma dita realidade existe, não o ser pensada.
Assim tudo o que existe, simplesmente existe.
O resto é uma espécie de sono que temos,
Uma velhice que nos acompanha desde a infância da doença.

~by: Alberto Caeiro, 1-10-1917

Oix :) vim retribuir mais uma vsita e dizer k tb ja linkei o teu cantinho ** axim voltarei brevem/

Beijo e boa semana :)


De woman's secret a 4 de Setembro de 2006 às 11:37
e tudo será eterno, enquanto nós o também formos...
beijos


De Nadir a 4 de Setembro de 2006 às 11:38
beijos e boa semana.


De Nefertiti a 5 de Setembro de 2006 às 18:09
Khadija,
Emocionou-me o teu espaço... os teus textos... a música (que por acaso já ecoou no meu refúgio durante tanto tempo e com a qual me identifico).
Vou voltar certamente!
Um beijo.


Comentar post

.Últimas essências...

. Deixo-me ir..

. Morri

. momentos da Lua!!

. momentos da Lua!!

. Molhando meu corpo lavo m...

. "só amamos quando nos toc...

. Alicia keys knows

. Essências..

. Alma solitária

. Para uma pessoa especial

. Bom fim de semana

. As flores estão de luto..

. Estou de volta..

. O sono

. O tempo que resta..

. Nada de especial..

. Alma molhada!

. Crónica de uma velhota lo...

. Adeus 2008!

. ...Fechada para balanço.....

. Saudade..

. Blake and White

. Amo-te!

. Pára e pensa na correria ...

. Buddhismo, porque não?

. Deixei de ser parva!!

. Nas asas de um anjo!!

. A vida nas nossas mãos

. Rosas Vermelhas...

. Retiro espiritual

. Para um Anjo especial!

. Dia da Mamy!! (040508)

. Apenas sou a Lua!!

. A Indomável, a Inesquecív...

. Misteriosa Fragrância!!

. O perfume da sombra!

. Um fim de semana no paraí...

. Khadija & Bóris!!

. Sinto-Te!!

. Voltei!

. A minha mamy e eu!

. Também quero...

. Noite de prata

. Alma Solitária...

. Sorriso esquecido...

. Manhã no Porto!!

. Essência de ti

. Completamente apaixonada!...

. Lua Azul

. Lágrima de pedra..

.Essências antigas...

. Janeiro 2012

. Fevereiro 2011

. Dezembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Abril 2007

. Março 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

.participar

. participe neste blog